O dia em que o Swedish House Mafia salvou o mundo - Rádio E-Music UP

Rádio E-Music UP

A Música Eletrônica em Alta!




Hot

segunda-feira, 26 de março de 2018

O dia em que o Swedish House Mafia salvou o mundo


No último final de semana, rolou a edição especial de 20 anos do Ultra e em meio a centenas de dj´s e diversas apresentações, um boato mudou toda a expectativa em torno do festival.

O retorno do trio Swedish House Mafia.

Em meio a set´s previsíveis e um tanto preguiçosos, o boato dava esperanças de um final de festival épico, digno de uma espera de 5 anos. Antes mesmo do festival começar, já rolavam boatos sobre o retorno do trio mas ainda sem nenhuma informação concreta.

O Ultra começou na sexta-feira e teve seus pontos altos e baixos como todo festival. Quando digo que os set´s foram previsíveis e preguiçosos, quero dizer que, por se tratar de uma comemoração de 20 anos, eu esperava muito mais dos dj´s que estavam por lá. Claro que muitos dj´s cumpriram o papel esperado e mesmo tão longe, eu tive a oportunidade de pular em casa. 

No primeiro dia, Armin Van Buuren, Hardwell e Ingrosso/Axwell agitaram o primeiro dia do festival com performances incriveis. No segundo dia, Tiësto, Afrojack e Marshmello também detonaram no palco mainstage, Marshmello inclusive, trouxe Will Smith para cantar ao vivo seu remix da música 'Miami'. Um dos pontos altos do Ultra, foram as apresentações ao vivo como no último dia Kaskade levou Charlotte Lawrence para a performance de 'Cold as Stone' e David Guetta levou Sean Paul e Becky G para sua apresentação. Fora do mainstage, os palcos Resistance e Arcadia Spider deram um show a parte. No primeiro, Nicole Moudaber fez um b2b matador com Paco Osuna e Dubfire. Eric Prydz fez um set incrível no ASOT com o cenário mas incrível que ja vi na vida!

Depois de tocar todos os seus hits com uma nova roupagem e fazer o público pular, David Guetta encerrou sua apresentação e logo depois a transmissão foi iniciada no ASOT com Eric Prydz e Above & Beyond. Flashes ao vivo, mostravam que o crowd não se dispersou no Mainstage e naquela altura, todos já sabiam quem eram os "special guests" que encerrariam a noite.

Do lado de "fora" do UMF, a mídia estava enlouquecida, os fãs entupiram os streamings do Ultra e a ansiedade só aumentava. Desde a sexta-feira, as pistas começaram a aparecer com Hardwell, Don Diablo e se confirmou através de um post no Stories de Sebastian Ingrosso. Quem acompanhou a tag do Ultra no Instagram, pode ver que Miami foi entupida de pôsteres nas ruas de Miami com o famoso logo do trio.

A hashtag #Ultra20 alcançou os tt´s mundiais as 20:00h provando que o mundo estava pronto pro retorno do Swedish House Mafia após 5 anos. E então a transmissão do Resistance - ASOT foi interrompida e o que mais esperávamos aconteceu:

O Swedish House Mafia estava de volta aos palcos iniciando o set com 'Miami 2 Ibiza' e levando todo o crowd ao delírio e quem estava acompanhando pelo streaming, assim como eu, não sabia o que sentir afinal, era um misto de incredulidade e de sonho realizado. Os caras estavam de volta!
Axwell iniciou a apresentação com a seguinte frase:

Eu sou Axwell e ao meu lado estão Sebastian Ingrosso e Steve Angello e vocês sabem quem nós somos!

Depois disso, o que vi foi um show digno de um rock/popstar cheio de pirotecnia, luzes e efeitos e o set, com as músicas mais famosas do grupo e de cada um em seus projetos porem, todas as tracks com roupagem nova mas a energia de sempre. O ponto curioso foi que, durante a apresentação, a câmera não se moveu e nem mostrou o trio de perto. Obviamente, isso gerou polêmicas e discussões - sem fundamento - a teoria que acredito é que, provavelmente os caras venderam os direitos de imagem (In Action) para alguma mídia e tals. Mas quem conseguiu acompanhar o Twitter pode ver fotos dos backstages com os caras reunidos, sim, Axwell, Seb Ingrosso e Steve Angello juntos! 

O final foi embalado por 'One' e em seguida as luzes se apagaram e mais uma vez, fomos testemunhas de uma apresentação épica dos dj´s e produtores que foram além dos remixes e se tornaram lendas!

Mais uma vez, o Swedish House Mafia salvou o mundo.

⚫⚫⚫



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Comentários

Curtir